Saiba em quais casos é necessário.

Quando falamos em baterias, logo já imaginamos que sua vida útil é curta e se acontecer qualquer tipo de problema, ela deve ser substituída por uma nova. Mas na realidade, as coisas são diferentes.

As baterias são conjuntos de acumuladores elétricos recarregáveis, interligados convenientemente para receber, armazenar e liberar energia elétrica. Por isso muitas delas possuem vida útil de até 1.800 ciclos, como já comentamos aqui no blog.

Por esse motivo, é interessante ressaltar que em alguns casos de degradação excessiva, os problemas encontrados são em apenas um dos modelos das placas, o positivo (+) ou o negativo (-). Quando isso acontece, recomenda-se o recondicionamento ou a reforma geral das baterias, que é resolvido com os seguintes passos:

Após seguir essas instruções, as baterias para empilhadeiras podem ter uma vida útil prolongada. Além disso, o custo será menor do que da aquisição de uma nova bateria.

Para que haja o recondicionamento das baterias, é necessário estudar cada caso separadamente, pois pode ocorrer diferentes situações.