Por que cuidar?

A empilhadeira elétrica é uma ótima alternativa para montar um estoque organizado. Isso porque, além de ocupar menos espaço e contar com torres mais altas – que permitem elevar as cargas a grandes alturas – não emite nenhum gás tóxico, já que trabalha com combustível não poluente. Mas para seu bom funcionamento, é preciso tomar alguns cuidados com a sua bateria. Confira estas dicas:

Carregamento

Para um bom desempenho, a bateria em operação precisa ser descarregada até seu limite de carga (20%), e em seguida, totalmente carregada (100%).  Isso caracteriza a finalização de um ciclo de bateria. Geralmente, os operadores colocam a bateria para carregar quando ela está com 50% de carga. Outro cenário comum é os operadores colocarem a bateria no carregador quando está em seu limite de 20%, mas por falta de tempo ou de baterias reserva, acabam dando cargas rápidas. Assim, colocam a bateria em carga por uma hora e voltam a usá-la imediatamente. Agir dessa forma ocasiona a sulfatação e o vício, fazendo com que a bateria perca rendimento em um curto prazo, pois o tempo de carga tende a ser o mesmo de descarga.

Observe o funcionamento dos carregadores

Para carregar as baterias de empilhadeira elétrica, existem carregadores próprios, de acordo com a capacidade do acumulador. Eles enviam a corrente necessária para a bateria de forma gradativa. Dessa forma, à medida que a bateria vai ganhando carga, a corrente enviada tende a diminuir. Se isso não acontecer, haverá uma sobrecarga do acumulador. Quando isso ocorre, pode-se notar um cheiro forte de ácido e um consumo excessivo de água deionizada. Os carregadores eletrônicos desligam automaticamente após a finalização de carga. Esse é um dos pontos mais importantes, pois assim que a bateria atinge seu limite de carga, ela precisa ser desligada para evitar sobrecarga ou aquecimento.

Verifique a água destilada

Faça essa verificação sempre que a bateria estiver carregando e alcançar 80% da carga. A bateria jamais deve trabalhar seca, pois isso pode causar danos irreversíveis ao equipamento. Porém é preciso tomar cuidado com a quantidade de água – que não deve ser adicionada em excesso. Isso por causa do risco da água destilada transbordar a solução ácida que está contida na bateria.   

Preste atenção na qualidade dos equipamentos utilizados

Antes de comprar ou alugar uma empilhadeira, certifique-se da procedência do equipamento. Procure saber antes se a empresa sempre realizou o armazenamento adequado da bateria e se todos os procedimentos para prolongar a vida útil do equipamento foram feitos do modo correto e com a regularidade recomendada.

Não tomar os cuidados citados acima acaba por degradar e comprometer o funcionamento da bateria de empilhadeira elétrica. Então siga nossas dicas e mantenha seu equipamento sempre em pleno funcionamento. Se ainda ficou com alguma dúvida, comente e nós responderemos para você!